#ÉBoato que eleitor pode pagar multa de R$ 150 se não cadastrar biometria

21/11/2017 14:23:51



A menos de um ano para as eleições de 2018, notícias falsas ou distorcidas já movimentam as redes sociais. Uma mensagem que circula pelo Whatsapp diz que termina no dia 7 de dezembro o prazo para a população fazer o cadastro da biometria, tecnologia com o qual o eleitor é identificado por meio do reconhecimento da impressão digital. Segundo o texto, "o governo lançou uma lei sem avisar" e quem não fizer o cadastramento dentro do prazo terá que pagar multa de R$ 150. No entanto, tudo não passa de um boato.

A mensagem mentirosa ainda compartilha o link do site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, pedindo que os usuários agendem o cadastramento.

Entretanto, o cadastramento da biometria, no Estado do Rio, é obrigatório apenas nos municípios de Rio das Ostras e Queimados, segundo o site do TRE. Na cidade do Norte Fluminense, o prazo acaba no dia 9 de dezembro. Já no município da Baixada Fluminense, o prazo vai até 17 de março de 2018. Nas demais cidades do estado, a biometria não é obrigatória, mas recomendada pela Justiça Eleitoral.

Mesmo onde a biometria é obrigatória, não está prevista nenhuma multa para quem não fizer o cadastramento. Contudo, o eleitor que não fizer a atualização terá seu cadastro cancelado, o que pode gerar alguns transtornos. Não será possível votar, renovar matrícula em instituições públicas de ensino, tomar posse em concurso público ou tirar o passaporte, por exemplo.

Isso não inclui a suspensão do RG, CPF e habilitação, como diz a mensagem falsa que vem sendo compartilhada na rede social, mas pode ser um problema na hora de tirar a segunda via, se o órgão que expedir o documento exigir a comprovação de quitação eleitoral.

Pelo país, o cadastramento já atingiu a meta em ao menos três estados (Alagoas, Amapá e Sergipe) e no Distrito Federal. Nos demais, calendários para atualização do cadastro foram fixados pelos tribunais eleitorais regionais e podem ser consultados em seus respectivos sites.

Mesmo quem perder os prazos estipulados para cadastramento obrigatório pode procurar ainda um cartório eleitoral até 7 de maio de 2018 para fazer a biometria e regularizar o título de eleitor

 

Fonte Extra










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar