Alta do bebê que nasceu após mãe ser baleada

05/02/2018 18:05:09



Após 23 dias de luta pela vida, o bebê Antônio, que nasceu depois que a mãe Michelle, então grávida de oito meses, foi baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto, recebeu alta do Hospital das Clínicas Mário Leoni, em Duque de Caxias. Sem conter a felicidade, o pai de Antônio, Wallace, deixou o local com a mulher e o filho por volta das 17h20m. A criança saiu coberta por uma manta vermelha "para dar sorte ":

- O vermelho é vida - afirmou a mãe.

A criança, que chegou a ficar mais de uma hora sem receber oxigenação adequada até que os médicos conseguissem estabilizar a mãe e realizar a cesariana para salvá-la, não sofrerá sequelas, segundo os últimos exames médicos. Os pais não têm dúvida de que viveram um milagre. Antônio passou por uma nova avaliação antes da alta.

Segundo Michelle a criança deverá ter cuidados normais comuns a qualquer recém-nascido, apenas sendo evitadas visitas nos próximos 45 dias por se tratar de uma criança prematura.

- Estamos muito felizes e só temos a agradecer a Deus por estarmos aqui - afirmou a mãe, que não conseguiu dormir à noite tamanha a expectativa.

O pai, também religioso, lembrou aos repórteres suas próprias declarações quando o estado de saúde de mãe e filho era gravíssimo:

- Eu não disse a vocês que vocês ainda iriam ter a oportunidade de falar com a própria Michelle, com Antônio no colo?

Antônio é o primeiro filho de Wallace e Michelle. Assim que nasceu seu estado de saúde foi considerado gravíssimo — segundo o pai, os médicos chegaram a dizer que o bebê não sobreviveria. Mas a criança apresentou melhora.

Bandido saiu de carro atirando

Michelle, então grávida de oito meses, e o marido foram abordados por bandidos na manhã do último dia 12, em Belford Roxo. O carro que seguia à frente reduziu a velocidade, e o motorista anunciou o assalto.

Segundo o corretor, o criminoso logo atirou. Em seguida, o bandido que estava no banco do carona saltou e, ao ver que Michelle ferida, começou a gritar: “Você matou ela!”. A dupla, então, voltou para o veículo e fugiu. O caso está sendo investigado pela 54ª DP (Belford Roxo).

 

Fonte Extra










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar