Policial morto em Nova Iguaçu, pode ter sido sequestrado e morto por menores de idade

Thiago Rodrigues da Silva, de 32 anos, foi morto dentro do próprio carro, no bairro Jardim Nova Era. Ele deixa a esposa e um filho.

23/08/2017 10:46:41



Mais um policial militar foi assassinado no Rio. Desta vez, a morte foi registrada na Baixada Fluminense. Identificado como Thiago Rodrigues da Silva, ele foi encontrado executado no bairro de Jardim Nova Era, em Nova Iguaçu. 

O corpo do soldado PM, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Tabajaras, estava dentro de seu carro — um Celta branco — na Rua Leonardo Sender, próximo ao campo do Flamenguinho. Ele estava de folga no momento do crime. Thiago é o 98º PM morto no Rio em 2017.

Há informações de que O PM tinha seis anos de corporação. Militares do 20º BPM (Mesquita) reforçaram o patrulhamento no local. 
 
A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada e fez diligências no local. 
 
A polícia foi acionada por parentes do policial, que afirmaram que o soldado havia sido sequestrado por traficantes na porta de casa. 
 
Agentes investigam se o PM tinha divergências com bandidos que queriam montar uma boca de fumo perto da casa do militar.

Os bandidos não levaram o celular nem a arma da vítima. Segundo a esposa do policial, que não quis se identificar com medo represálias, eles estavam dentro de casa, quando ele saiu, cerca de 15 homens renderam ele e o colocaram no banco de trás do próprio carro e fugiram com a vítima. 
 
Um parente do PM chegou a ir atrás do veículo, mas foi ameaçado pelos bandidos. Ainda de acordo com vizinhos do policial, todos os criminosos aparentavam ser menores de idade. Ele deixa a esposa e um filho de 3 anos.

“Estou revoltada! Infelizmente é só mais um que não vai dar em nada”, gritou a esposa do PM. O corpo dele foi encontrado no banco de trás do carro. O crime teria acontecido por volta de 15h.
 
 
 
Fonte: Jornal Extra










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar