Suspeitos de esfaquear empresário após encontro marcado pelo Tinder são presos

02/02/2018 12:40:16



A Polícia Civil prendeu a mulher e o comparsa suspeitos de esfaquear o empresário Roberto Del Cima, de 69 anos, após um encontro marcado pelo Tinder. A dupla foi encontrada em um hotel em Juiz de Fora, em Minas Gerais, e não resistiu à prisão. A mulher, que usava o nome de Vivian, foi identificada pela polícia como Sergiara de Oliveira Riberio, de 24 anos, e o comparsa dela, como Victor Hugo Dias Almeida, de 26 anos. Com eles foi encontrado o veículo usado no crime, ainda com vestígios de sangue, com os pertences da vítima e uma peruca, usada pela mulher no encontro.

 

Sergiara nas fotos do Tinder e no momento da prisão
Sergiara nas fotos do Tinder e no momento da prisão Foto: Divulgação

Desde a madrugada desta quarta-feira, a Polícia Civil realizava buscas pelo casal. Sergiara foi encontrada sem os longos cabelos que exibia nas fotos nas redes sociais. Ela teria marcado o encontro com a vítima pelo aplicativo Tinder na residência de Roberto, no Condomínio Santa Mônica Jardins, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira. Ao chegar na casa, ela pediu para estacionar o veículo que dirigia na garagem de Roberto. Dentro do porta-malas estava Victor.

 

 

O irmão de Roberto, Italo Del Cima, de 71 anos, contou que soube a reação da família após a prisão da dupla.

— Estamos todos tranquilos de outras pessoas não estarem em risco. Pelo menos essa dupla vai sair do ar por muito tempo. — disse. E acrescentou que a familia não tem o sentimento de vingança. — Foi um trabalho bom e rápido da polícia e só temos a agradecer.

 

Relógio do empresário roubado pela dupla
Relógio do empresário roubado pela dupla Foto: Reprodução

Sergiara teria dopado a vítima após o jantar e, enquanto ele dormia, desferiu facadas. Câmeras de segurança mostram o momento em que ela coloca algo na bebida da vítima. Roberto acordou com a dor de um dos ferimentos e chegou a trancar a mulher em um cômodo dentro do quarto. Victor subiu para ajudá-la, atacou a vítima e destrancou Sergiara. A empregada de Roberto, Iara Domingues, de 37 anos, que ouviu os gritos do patrão, fugiu da dupla pelo telhado da residência e pediu ajuda à segurança do condomínio. Os suspeitos levaram joias, um notebook e o celular da vítima.

 

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que Sergiara e Victor deixam a residência. Eles saem correndo e entram no carro. Na fuga, Victor derruba o portão da garagem da residência.

Roberto Del Cima permanece internado e passa bem. O irmão dele, Ítalo Del Cima, de 71 anos, disse que o empresário teve sorte e escapou por pouco de ter ferimentos mais graves. Ele contou que o irmão está revoltado com a situação e deve ter alta nos próximos dias.

 

Quarto e lençol na varanda do quarto onde crime aconteceu
Quarto e lençol na varanda do quarto onde crime aconteceu Foto: Reprodução

— Ele foi agraciado por Deus. Os ferimentos foram superficiais, não atingiram nenhum órgão. Ele perdeu muito sangue naturalmente, mas os golpes não pareciam ter a intenção de matá-lo. A família está tranquila, dos males foi o menor — disse.

 

A empregada do empresário falou que está aliviada com a prisão dos suspeitos. Ela contou que acordou com os gritos de socorro do patrão e chegou a dar de cara com Victor dentro da casa, mas se trancou dentro do quarto e conseguiu sair da casa.

— O desespero foi tão grande que eu seria capaz de passar pelo furo de uma agulha para salvar as nossas vidas. Tenho dois filho e meu patrão é como meu segundo pai, só pensava em salvar a gente. Graças a Deus prenderam eles! Estou muito feliz porque meu patrão está super bem e agora eles vão passar por coisa do que fizeram com o meu patrão. Fiz o que fiz e seria capaz de fazer de novo - disse, emocionada.

Tinder lamenta ocorrido

"Estamos profundamente entristecidos por esses horríveis eventos. Nossos pensamentos e orações estão com a vítima e seus entes queridos.Estamos aguardando mais informações à medida que este caso é apurado e iremos cooperar plenamente com a aplicação da lei durante essa investigação. Levamos a segurança de todos os nossos usuários muito a sério, continuamente aconselhando as milhares de pessoas que estão no Tinder a serem vigilantes, reportarem qualquer atividade suspeita e prestarem atenção as nossas dicas de segurança, disponíveis online no https://www.gotinder.com/safety e também no aplicativo."

 

Fonte Extra










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar