Corregedoria vai investigar policial que vestia camisa de Bolsonaro durante operação

Policial civil usava camisa com imagem de presidenciável durante operação que prendeu quadrilha de taxistas no Galeão

29/09/2018 19:26:47



Rio - A Corregedoria da Polícia Civil vai abrir uma sindicância para apurar a conduta de um policial civil que foi visto usando uma camisa com a imagem de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, durante a operação que prendeu quadrilha de taxistas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Galeão, nesta sexta-feira. A informação foi confirmada ao DIApelo corregedor da instituição, Gilson Emiliano.

De acordo com a Lei das Eleições (9.504/97), todo cidadão tem direito à livre manifestação, mas no caso dos agentes públicos, a vontade política deve ser exercida fora do horário de trabalho. O Ministério Público Federal (MPF) frisa que essa prática, além de conduta vedada, também é considerada propaganda eleitoral irregular.

A operação de agentes da Delegacia do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Dairj) prendeu 10 taxistas envolvidos em um esquema de milícia.

 

Fonte ODia

 










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar