"Meu filho está revoltado", diz pai sobre jovem que teve perna amputada após ser atropelado por metrô

01/10/2018 19:50:29



"Meu filho está revoltado". Em tom de desabafo, Edinaldo dos Santos, de 58 anos, disse que o ambulante Maycon Soares, de 26, está inconformado com a amputação da perna esquerda após ter sido atropelado por uma composição do metrô, na estação Arcoverde, domingo. Segundo Edinaldo, o jovem foi empurrado por Oriel Frinhani, de 23, e caiu na linha férrea. Ainda de acordo com a família de Maycon, Oriel, preso em flagrante, tentava roubar o celular da vítima. As polícias Civil e Militar, no entanto, afirmam que a motivação do crime foi uma briga. A ocorrência foi registrada na 12° DP (Copacabana) como lesão corporal grave.

- Meu filho saiu para trabalhar, vender pirulito na Parada LGBT, em Copacabana. Na volta para casa, acontece uma coisa dessas. Ele está revoltado, mas estou tentando conversar com ele para acalmá-lo - disse Edinaldo, acrescentando que Maycon está desempregado e costuma participar de eventos públicos como ambulante para ajudar em casa.

Edinaldo contou ainda que houve uma briga na estação, que estava lotada. Nesse momento, o acusado teria tentado roubar o celular do ambulante, que reagiu.

- Quando a situação parecia estar tranquila, houve novo tumulto, e o metrô já se aproximava da plataforma. Foi quando o agressor deu um soco e empurrou meu filho no trilho - conta Edinaldo, relando as informações que recebeu de um primo da vitima, que presenciou a confusão.

Maycon está internado no Hospital Miguel Couto, na Gávea, e passou por um cateterismo. Segundo a família, seu estado de saúde é estável, mas não há previsão de alta.

 

Fonte Extra










0 Comentário


Faça login na página para fazer um comentário
Entrar